Pensar o que os outros pensam...

Pensar no que os outros podem estar pensando e sentindo é uma habilidade refinada da Teoria da Mente. A capacidade de atribuir estados mentais como intenções, desejos e emoções a simesmo e aos outros é ter uma "TEORIA DA MENTE". Quando essa "teoria da mente" não é desenvolvida suficientemente em alguém, ela pode estar ciente da presença física de outra, mas é "cega" para os estados mentais ou experiências dos outros. Alguém poderia ficar cego para seus próprios pensamentos passados e “cegar” os possíveis pensamentosde outras pessoas. Nessa atividade semi-estruturada nos da a oportunidade de trabalhar recortes de possíveis pensamentos e sentimentos das pessoas. O quebra cabeça vai se formando

Não diga "DIGA"

Pense nisso - quando você pede ao seu filho para "dizer _______", você está apenas ensinando a arte da imitação. Portanto, embora eles possam imitá-lo quando você diz "peça desculpas" ou "diga por favor", isso não os ensina a dizer essas coisas no momento em que sentem. É apenas criar pequenos papagaios que podem imitar palavras de uma forma sem sentido. Além de 'por favor' e 'desculpe', tendemos a pedir aos nossos filhos que digam palavras que já ouvimos antes, porque queremos ouvi-las novamente. Estamos entusiasmados por eles poderem conversar agora e queremos ouvir esse sucesso novamente e novamente. Mas fazer ele dizer as palavras não está ensinando nada novo. Muitas vezes também está fo

Dificuldades Motoras no Autismo

A maioria das pessoas com autismo - 87 %, de acordo com a estimativa mais recente - tem algum tipo de dificuldade motora, que varia de uma marcha atípica a desafios com a caligrafia. Porém, apesar de sua prevalência, os problemas motores não são considerados uma característica essencial do autismo, porque também ocorrem com outras condições, como síndrome de Down, paralisia cerebral e transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. Aqui, descrevemos o que os especialistas sabem sobre as causas, características e consequências das dificuldades motoras, que dizem estar entre os aspectos menos compreendidos e mais negligenciados do autismo. Que tipos de dificuldades motoras as pessoas com au

Disciplina Positiva e Aprendizado

Com pouco controle sobre nossa situação atual, como ter certeza de que ainda estamos fornecendo uma base sólida para o aprendizado de nossos filhos? Uma coisa que podemos fazer para começar é pensar sobre como as crianças realmente aprendem. A Disciplina Positiva, fornece uma visão sobre como as crianças aprendem e em que todos os pais e educadores podem se concentrar para ajuda-las ! Disciplina Positiva é um modelo de orientação infantil desenvolvido pela Dra. Jane Nelsen e é baseado no trabalho de Alfred Adler e Rudolf Dreikurs. Este modelo fornece o princípio básico de que todas as crianças precisam ter um senso de pertencimento e importância e ensina habilidades sociais e de vida importa

Familia e o TEA (a importância de nossas escolhas)

Há um movimento crescente em direção às Abordagens Desenvolvimentistas para o TEA e os cuidadores podem ter opções baseadas em evidências, em vez de uma terapia prescritiva !!!🤔🤔 O que as famílias escolherão dependerá de suas crenças, valores e estilo de vida. Para auxiliar nesse processo, é importante pensar nessas quatro áreas principais: Empoderamento , Educação , Apoio e Respeito . Empoderamento 👩‍👦‍👦👩‍👦‍👦 Precisamos capacitar os pais e a criança também. É importante que os pais não sejam deixados de lado da terapia por trás de uma porta fechada por 45 minutos. Os pais precisam se sentir capazes e que são os melhores professores de seus filhos, pois os conhecem melhor e sentem

Posts Recentes
Arquivo
Categorias

© 2017 por Motivação Autismo - Curitiba/PR