Habilidades pra Vida: Fazer Feira


Ir a feira, além de ser uma super oportunidade de vivenciar experiências sensoriais, também trabalha muitos outros aspectos do desenvolvimento.






No início, pode ser que seja necessário fazer uma listinha, seja escrita ou contendo imagens dos alimentos e quantidades que irão comprar. Mas, com o tempo, apenas a troca verbal, as instruções e a atenção são suficientes para a ida a feira se torne uma vivência de aprendizado.

Partindo dos muitos aspectos sensório-motores que são trabalhados, como visual (diferentes cores), tátil (diferentes texturas), força e destreza manual, planejamento motor também são ricamente estimulados.

Ainda, temos a oportunidade de vivenciar engajamento, atenção compartilhada e aspectos atencionais, desde a seleção dos alimentos adequados ate o passar a mercadoria no caixa.

Dia de feira: sobre responsabilidades, foco atencional, participação ativa nas necessidades da casa, práxis, atenção compartilhada, comunicação, engajamento, etc, etc, etc...


Karlen Pagel (@motivacaoautismo)

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square