Ensinando sobre sentimentos

Ajudar os filhos a lidar com os sentimentos faz parte do desenvolvimento, principalmente qdo falamos de crianças atípicas, onde o desafio se torna maior.


Importante destacar que sempre há uma conexão direta entre como as crianças se sentem e como se comportam. E, para que aprendam habilidades de enfrentamento saudáveis, elas precisam saber como identificar seus sentimentos .







Existem algumas maneiras de ajudá-los a desenvolver essa habilidade.


Nomear o sentimento


Muitas vezes tentamos afastar os sentimentos ruins de nossos filhos. Isso ocorre porque não queremos que nossos filhos sintam essas coisas - queremos que eles sejam felizes.

Portanto, se o brinquedo favorito do seu filho quebrar e ele começar a chorar, você pode dizer “não chore, é só um brinquedo”. Mas, mesmo que estejamos tentando ser legais e reconfortantes , isso quase sempre torna as coisas piores.


Não é apenas um brinquedo para eles, mas agora também se sentem frustrados ou incompreendidos.


A melhor coisa que você pode fazer é nomear o sentimento e, em seguida, validar esse sentimento.


“ Você está se sentindo triste e isso faz sentido porque seu brinquedo favorito está quebrado”.


Assim, pode ser mais reconfortante e ajuda as crianças, com o tempo, a aprender a reconhecer suas próprias emoções e a expressá-las usando palavras em vez de reações.


Validar o sentimento mostra a seu filho que não há problema em se sentir como ele. Nem sempre podemos tornar tudo melhor para nossos filhos - mas podemos ensiná-los a tolerar essas emoções até que passe.


Fale sobre os sentimentos dos outros


Conversar com seu filho sobre como as outras pessoas estão se sentindo e ajudá-los a reconhecer as emoções dos outros pode ajudá-los a compreender seus próprios sentimentos.

Se estiver assistindo TV e alguém estiver gritando, torcendo ou tendo um grande conflito, você pode conversar com seu filho sobre isso. Pergunte como eles acham que os personagens estão se sentindo.


É difícil para as crianças entender que outras pessoas têm emoções diferentes das suas. Falar sobre os outros pode ajudar a melhorar a consciência que seu filho tem de si mesmo e dos outros.


Importante tbm, falarmos sobre os NOSSOS SENTIMENTOS...


Você pode ajudá-los a aprender como suas ações afetam os sentimentos dos outros ao seu redor. Diga ao seu filho coisas como “Fico feliz em ver você organizar o quarto”.

Expresse sentimentos negativos a eles também: "Eu me sinto tão decepcionado quando você bate em seu irmão." ou “Quando me machuco, fico triste também!

Assim, vamos construindo essa habilidade tão essencial em nossos filhos.

( karlen pagel

(Refer. : hes- extraordinary).

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 por Motivação Autismo - Curitiba/PR