September 23, 2020

September 17, 2020

September 17, 2020

Please reload

Posts Recentes

Exercícios divertidos para Regulação Emocional !!!

July 30, 2020

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

Familia e o TEA (a importância de nossas escolhas)

August 11, 2020

Há um movimento crescente em direção às Abordagens  Desenvolvimentistas para o TEA e os cuidadores podem ter opções baseadas em evidências, em vez de uma terapia prescritiva !!!🤔🤔

 

O que as famílias escolherão dependerá de suas crenças, valores e estilo de vida.
Para auxiliar nesse processo, é importante pensar nessas quatro áreas principais: Empoderamento , Educação , Apoio e Respeito .

 

 

 

 

 

 

  • Empoderamento 👩‍👦‍👦👩‍👦‍👦 Precisamos capacitar os pais e a criança também. É importante que os pais não sejam deixados de lado da terapia por trás de uma porta fechada por 45 minutos. Os pais precisam se sentir capazes e que são os melhores professores de seus filhos, pois os conhecem melhor e sentem que podem realizar algo sendo um participante ativo na vida de seus filhos, em vez de terapeutas assumindo o controle enquanto eles ficam de lado. Precisamos mudar essa mentalidade de que algo está quebrado e precisa ser consertado por terapeutas.

Se algo não soar bem, permanecer um incômodo, ouça sua intuição como pai/ mãe. Pode ser desafiador porque carregamos a culpa de nos perguntar se fizemos a coisa certa.
É um processo, vivemos fazendo escolhas, como uma dança. E conforme as coisas mudam ( com idade, com prioridades, com novos desafios...) fazemos a dança novamente, confiantes de que somos os mais bem equipados para sustentar nossos filhos.

 

  • Educação 📚📚 : Parte de como você se fortalece é com a educação, que consiste em aprender sobre as opções que existem. Ninguém pode presumir saber o que é melhor para seu filho. Educar-se é essencial.

 

  • Apoio, suporte : Você simplesmente não pode ser solicitado a ler um livro ou visitar um site. É formar um relacionamento sólido com a família. Assim, os pais se sentem apoiados. Porém, muitos pais resistem em assumir um papel ativo na terapia de seus filhos. Sendo que, alguns pais podem não saber que deveriam se envolver e outros podem não querer.

 

  • Respeito : Respeito é ter a confiança no terapeuta que escolheu e inclui respeito pela criança e pelos pais, é defender a criança. Os pais devem sempre sentir que podem dizer “ Isso está funcionando para mim ” e “ Não gosto disso ”.Um bom profissional sempre terá prazer em explicar..

Referencias: D.Brown

Por Karlen Pagel.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 por Motivação Autismo - Curitiba/PR