Como atuar no "Ciclo dos Colapsos": etapa Gatilho (Seja Proativo)

Depois de um "gatilho", seu filho não está mais em seu estado calmo. O gatilho é o ponto de virada que pode levar a um colapso, dependendo do que acontecer a seguir.


Você deve reconhecer o gatilho quando ele ocorre e começar a usar as estratégias apropriadas para crises.

Se você perceber e intervir no gatilho, há 80-90% de chance de você evitar que a situação aumente.





Possíveis gatilhos:
  • Repetidas falhas ou frustrações

  • Evento inesperado – mudança súbita da rotina

  • Problema sensorial externo – luzes, ruído, cheiros, etc.

  • Questões internas– fome, sede, cansaço, mal-estar, dor, etc.

Possiveis comportamentos que podemos perceber:
  • Mudanças na linguagem corporal

  • Alterações fisiológicas, como vermelhidão no rosto/ouvidos

  • Tenso

  • Stimming (estereotipias)

  • Incapaz de ficar parado

  • Ecolalia

  • Mudança no tom de voz

Essas pistas podem ser sutis e requerem um olhar atento e ter em mente que cada crianca demonstrara suas pistas únicas.


O que fazer depois de um gatilho:

Depois de perceber os sinais de aviso e identificar o gatilho, e preciso intervir. Considere algumas das seguintes intervenções:

1.Remova ou modifique o gatilho

Se o gatilho estiver relacionado com o sensorial, modifique o ambiente ou acomode a criança.

Uma atividade de movimento pode ajudar bastante nesse momento.

2. Aumente as oportunidades de sucesso

Se seu filho está se sentindo frustrado após repetidas falhas - crie oportunidades em que ele terá sucesso.

Peça-lhes que façam uma tarefa que você sabe que podem fazer e proporcione oportunidade de o elogiar e comemorar seus esforços.

A positividade pode aliviar um pouco da frustração do seu filho e ajudá-lo a se sentir calmo novamente.

3. Crie uma caixa de interesses/sensorial

Tenha pequenos itens que você pode manter juntos como parte de sua caixa de interesses/sensorial. Quando você começar a ver pistas de que seu filho está frustrado, permita que ele faça uma pequena pausa com sua caixa de interesses/sensorial para fazer uma atividade calmante.


4. Lidar com alteracoes internas (interocepção )prontamente

Alteracoes internas requerem um trabalho de detetive porque as crianças muitas vezes não sabem como expressar o que está acontecendo dentro de seus corpos; eles podem nem saber o que está sentindo.

No entanto, é imprescindível porque nenhuma quantidade de manipulação do ambiente ajudará seu filho se o problema for interno.

Ofereça uma bebida ou lanche, ou pergunte se eles estão com dor ou se sentindo mal.

Referencia: preventing-outbursts ( hes-extraordinary)

Tradução e Adaptações: Karlen Pagel (Motivação Autismo)

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 por Motivação Autismo - Curitiba/PR