September 23, 2020

September 17, 2020

September 17, 2020

Please reload

Posts Recentes

Exercícios divertidos para Regulação Emocional !!!

July 30, 2020

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

DIR/FLOORTIME- Capacidade 1: Autorregulação e interesse pelo mundo

September 10, 2020

Há muito escrito sobre o desenvolvimento infantil, mas apenas o modelo DIR o descreve em termos de capacidades de desenvolvimento emocional funcional .

 

Normalmente, os bebês passam por esses estágios até a primeira infância, mas crianças com atraso de desenvolvimento podem progredir mais tarde. Os estágios, ou capacidades, além desses seis primeiros são estágios mais avançados que podem acontecer na adolescência e na idade adulta em neurotípicos e até mesmo em crianças com diferenças de desenvolvimento.

 

Também é importante observar que o movimento pelos estágios não é linear . Você não necessariamente domina um e passa para o próximo, depois domina esse e passa para o próximo, e assim por diante. É por isso que são referidos como capacidades funcionais de desenvolvimento , em vez de "níveis".

Mais comum é que as crianças tenham lacunas nas primeiras capacidades de desenvolvimento à medida que avançam nas capacidades posteriores , e essas lacunas são sempre algo que precisam ser trabalhadas.

 

Falaremos sobre as seis primeiras capacidades de desenvolvimento, conforme descrito no livro Engaging Autism, do Dr. Stanley Greenspan e Serena Wieder, PhD .

 

 

Capacidade 1: Autorregulação e interesse pelo mundo

 

 

Como diz o Dr. Greenspan em Engaging Autism, “Um bebê típico conecta suas emoções a suas ações e sensações ”.

 

Isso significa que a criança está demonstrando interesse com calma e responde propositalmente a estímulos sensoriais , como a visão de sua mãe, o som da voz de sua mãe ao virar a cabeça, o toque da mão de sua mãe em sua pele, ou o movimento de um objeto na frente de seu rosto, etc.

Em crianças com desenvolvimento típico, isso começa nos primeiros 3 meses de vida. Em crianças com desafios de desenvolvimento, isso geralmente é um desafio contínuo ao longo de seu desenvolvimento .

 

Quando uma criança é incapaz de absorver informações de seus sentidos e se sente à vontade e concentrada , será um desafio interagir com outras pessoas .

 

Portanto, no DIR / Floortime o objetivo é sempre encontrar maneiras de ajudar a criança a se sentir à vontade, interessada e disponivel.

 

Aqui, cabe o que penso ser o ponto MAIS LINDO E HUMANIZADO do modelo DIR... a individualidade! Não se trata de uma terapia prescritiva, como uma receita de bolo...

 

Para algumas crianças, isso pode significar sermos muito animados e ativos porque demoram mais a responder aos estimulos. Para outros, pode significar mover-se e falar mais devagar ou em silêncio, porque são naturalmente superestimulados.

 

Nossa missão é apoiar e facilitar suas capacidades de desenvolvimento .

 

Referencia: Engaging Autism, do Dr. Stanley Greenspan e Serena Wieder, PhD

28Fatima Minetto, Celia Macagnan e outras 26 pessoas

4 comentários

13 compartilhamentos

Curtir

Comentar

Compartilhar

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 por Motivação Autismo - Curitiba/PR