DIR-FLOORTIME (Curitiba-2018)

Com certeza 50 participantes, entre eles familiares e profissionais da saúde e educação estarão transformando as vidas de muitas crianças e famílias que passarem por seus caminhos!


Tivemos a oportunidade de participar de três módulos do Curso Introdutório DIR-FLOORTIME, em Curitiba nas datas de 28 e 29 de setembro, 26 e 27 de outubro e 16 e 17 de novembro de 2018, aprendendo sobre desenvolvimento infantil, diferenças individuais, relações afetivas, engajamento, compartilhamento, vivências, inclusão.....


Foram dias intensos de aprendizado, buscando desenvolver reflexões fundamentais para promovermos o desenvolvimento prazeroso da criança com TEA, seguir sua liderança e aprender sobre seus interesses, considerando SEMPRE a individualidade !









A abordagem desenvolvimentista DIRFloortime (também conhecido como Floortime) é uma intervenção que é usada para promover o desenvolvimento de um indivíduo através de um processo respeitoso, lúdico, alegre e envolvente. Ele usa o poder dos relacionamentos e das conexões humanas para promover engajamento, comunicação, comportamentos positivos e pensamento. É baseado no modelo DIR®, desenvolvido pelo Dr. Stanley Greenspan e seus colaboradores. É usado em todo o mundo por professores, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, profissionais de saúde mental, pais e muitos outros que cuidam de indivíduos com desafios de desenvolvimento ou outras necessidades relacionadas. É uma abordagem baseada em evidências para promover o desenvolvimento humano que é usado com crianças, adultos jovens e até mesmo adultos.


O termo DIR representa os três componentes dessa abordagem: Marcos de desenvolvimento que toda criança deve dominar para um crescimento emocional e intelectual saudável; diferença individual, que se refere ao processamento sensorial único em cada criança e seu impacto no comportamento; e baseado em relacionamento, que se concentra em ajudar a criança a formar relacionamentos com cuidadores primários e seus pares, e métodos de interação que ajudarão a fomentar o desenvolvimento.


É importante notar que quando os desafios do autismo são compreendidos e adequadamente abordados, e o indivíduo é aceito por quem eles são, o potencial de uma pessoa no espectro do autismo não é menor que uma pessoa neurotípica.


É necessário olharmos para o autismo como uma neurodiversidade que precisa ser entendida. Uma vez entendido, o potencial da pessoa pode ser trabalhado e alcançado.



Referências:

GREENSPAN, S.; WIEDER, S. Developmental patterns and outcomes in infants and children with disorders in relating and communicating: a chart review of 200 cases of children with autistic spectrum diagnoses. Journal of Developmental and Learning Disorders, v.1, p. 87-141, 1997.


GREENSPAN, S.; WIEDER, S. Can children with autism master the core deficits and become empathetic, creative and reflective? A ten to fifteen-year follow-up of a subgroup of children with autism spectrum disorders (ASD) who received a comprehensive Developmental,Individual-Difference, Relationship-Based (DIR) approach. The Journal of Developmental and Learning Disorders, v. 9, p. 43-6, 2005.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 por Motivação Autismo - Curitiba/PR